quinta-feira, 28 de junho de 2012

Um game no console, um controle na mão: GTA


Avante pointistas, venho hoje aqui para defender um game que curto pacas e vejo pessoas atacando com freqüência sem conhecer sobre o que realmente trata: Grand Theft Auto, ou como é mais conhecido, GTA.

Quando ouço alguém falando sobre GTA, é quase sempre assim:
-Jogo horrível. Que graça tem ficar apenas dirigindo por ai e matando pessoas? Jogo besta!
Ou
-Eu gosto de jogar pra poder matar pessoas, coloco o código de armas e saio atirando até juntar seis estrelas e detonar tudo! Huahahaha
A serie GTA é um dos jogos mais significativos de sua época de lançamento, isso sem sombras de duvidas, ele já fez sucesso no limitado PSone, ai veio GTA III, dando uma liberdade ao jogador que até então não tinha sido feito (o mais perto pra comparação é o clássico Driver 2 do PSone). Depois veio o GTA Vice City, com uma melhora de gráficos  considerável e manteve o nível dos desafios. O ápice veio com GTA San Andreas, gráficos melhores, liberdade maior e uma história mais densa que as anteriores. O GTA IV já saiu para a plataforma PS3, e como sempre manteve sua evolução, agora estamos esperando o GTA V, que saira em breve.
Mas porque esse jogo causa tantos comentários?
Quem jogou apenas por jogar, quase sempre tem uma idéia deturpada da serie,mas vou comentar um pouco. Em relação a história do game, não dá pra revelar muito de nenhum GTA sem soltar spoilers, tentarei não fazer isto. Comentarei apenas o do GTA III, Vicy city, e San Andreas.

GTA III
Primeiro da serie a ser lançando para o PS2, diferente de suas versões anteriores, o jogo é todo em 3D e não mais com o jogo com a vista aérea. Situado em Liberty City.
O jogo segue um criminoso chamado Claude Speed, que após um roubo a banco, foi traído pela sua namorada e terá que trabalhar para vários chefões do crime da cidade. . GTA III contêm tanto elementos de jogos de corrida, quanto de jogos de tiro em primeira pessoa e foi o primeiro jogo a implementar o estilo de jogo sandbox, que da liberdade ao jogador de explorar a grande cidade, completar missões, cometer atos criminosos ou completar missões paralelas.



 GTA Vicy City
Segundo game 3D da franquia e quarto da serie, o GTA Vice City se passa anos antes do GTA III.
GTA Vice City se passa anos antes de GTA 3, em 1986. Tommy Vercetti é finalmente liberto da prisão, como um dos bandidos da gangue Forelli ele havia passado 15 anos em nome da família na prisão. Finalmente ele foi liberto e Sonny Forelli seu antigo chefe fica sabendo da situação, afinal, foram 15 anos. Mas Sonny sabe que a situação não é muito boa com a volta de Tommy as ruas.
 Em 1971 Tommy fez os serviços sujos de Sonny por Liberty City, o que desagradou muito as outras famílias e gangues, pois Tommy simplesmente criava o caos em Liberty City, e isso gerou muitos problemas sobre seu respeito perante as outras familas, até que com tanta sujeira, Sonny, e a Família Forelli foram incriminados, mas Tommy aceitou levar a culpa de tudo em nome da família e passar 15 anos na prisão. Agora com a volta de Tommy as ruas, Sonny sabia que não podia permiti-lo nas ruas de Liberty City. Então Sonny e sua família têm uma idéia genial. Juntando a fome com a vontade de comer, Sonny sabia que Tommy era esperto e decide lhe mandar para uma negociação na parte Sul da cidade de Vice City. Sonny já havia preparado para a situação dar errado, encrencando Tommy completamente.[8] Tommy teria que trocar dinheiro por drogas, e essa negociação teria que dar errado. Assim, Tommy teria de recuperar o dinheiro em Vice City, e para isso tomar algumas propriedades e conseguir respeito nas ruas, e assim, Sonny se apossaria dessa situação toda. Em alguns meses, Sonny iria para Vice City fazer uma visitinha a Tommy. 

 GTA San Andreas

Em 26 de outubro de 2004, foi lançado o meu preferido da serie, trama densa, melhor jogabilidade, mapa imenso, grande variedade de veículos (cerca de 200 tipos de veículos) e armas, mais liberdade (escolha de vestimentas, tipo físico, cabelo, etc.), 103 missões espalhadas pelas 3 cidades e muitas missões opcionais entre elas estão as tradicionais missões adicionais dos jogos anteriores, como dirigir um táxi e conduzir passageiros pela cidade, apagar incêndios com um carro de bombeiro, dirigir uma ambulância pela cidade e combater o crime, como justiceiro. Entre as novas adições estão missões onde o jogador pode desempenhar a função de ladrão de residência ou cafetão, fazer entregas de carga através de trens e caminhões, e frequentar auto escola; moto escola; escola náutica e especialização em aviação - onde ele ainda pode desenvolver sua habilidade em muitos dos veículos existentes no jogo. Além disso tudo ainda conta com multiplayer.
O jogo se passa num estado fictício de San Andreas, nos Estados Unidos, que contém três metrópoles. Ambientado no fim de 1992, a trama de San Andreas gira em torno de um membro de gangue, Carl "CJ" Johnson, que retorna para seu lar em Los Santos (equivalente à Los Angeles real), depois de uma longa temporada em Liberty City (a versão de Nova York do jogo), após descobrir a morte de sua mãe. CJ encontra sua família e sua antiga gangue, a Grove Street Families, em completo abandono. Ao longo do decorrer do jogo, CJ gradualmente descobre o que está por trás do assassinato de sua mãe, ao mesmo tempo em que restabelece a gangue e explora suas próprias aventuras nos negócios. Como outros jogos da série, San Andreas é composto de elementos de jogos de corrida e tiro em terceira pessoa, e apresenta um modo de jogo "mundo-aberto", que dá ao jogador controle total sobre a sua experiência de jogo.





Outra característica do jogo são as rádios. Sempre uma grande variedade de rádios (separadas por estilo musical) com um total de 10 a 18 músicas. É entrar em um veiculo, sintonizar e curtir.


E é isso. Comentem, reclamem, elogiem, se curtiu a matéria, indique a mais alguém, pois é nosso meio de alcançar cada vez mais pessoas e poder dividir nossas experiências, vivências e opiniões de merda!
   Vamos agitar o mundo pessoal!
 Por: Bergman Chan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;