segunda-feira, 2 de março de 2015

Entre dados e fichas: RPG - O início


Bem vindos ao maravilhoso mundo do RPG (não, não estamos falando de fisioterapia e nem da bazuca)


Rolling Play Game, ou simplesmente RPG, é uma espécie de realidade alternativa criado por um grupo de desocupados pessoas onde alguns jogarão enquanto um deles irá mestrar a aventura do barulho.

Ainda não conhece? Confuso ainda? Para facilitar sua entrada nesse mundo em que todos os jogadores têm dado a imaginação, criatividade e raciocínio estão presentes a cada ação, vou indicar uma matéria feita por Bode: (guia pratico e rápido de como entender que RPG não é coisa do capeta).

Presumindo que você tenha lido ou já conheça um pouco sobre, vou dar continuidade explicando alguns elementos que compõem uma partida de RPG.


1- É preciso algumas pessoas. Afinal, jogar RPG convencional (com fichas, dados, mestre e JOGADORES) sozinho pode ser esquizofrenia.

2- Depois de arrumar alguns coleguinhas com tempo sobrando, é hora de dar início. Para isso será necessário vocês escolherem um sistema, montarem as fichas dos jogadores e o mestre ter a história elaborada.

Sistema: existem diversos sistemas de RPG, com modelos e mais modelos de fichas disponíveis a qualquer pesquisa com o tio Google. Alguns sistemas de RPG são mais famosos, como o GURPS, D&D, 3D&T, Daemon, entre outros, é só escolher e estudar o seu funcionamento.

-Mas Mestre Chan, eu não curti nenhum desses sistemas.
-Existem muuuuiiiiiiiiitos outros menos famosos disponíveis, ou então crie o seu próprio.
-Como vou criar?

Simples né pessoas? Conheça e aprenda sobre os outros existentes, pegue os pontos que te atraem e elabore sua alquimia até dar certo. É tão simples quanto montar uma religião fazer uma farofa.
Depois de decidido em qual sistema será jogado, é hora de elaborar as fichas.

Que diabo é isso? Ficha é uma representação matemática do seu personagem, obedecendo as regras do sistema escolhido.

E por último, a aventura. Essa fica a cargo do mestre, que pode criar com base em todo seu vasto conhecimento em porra nenhuma gêneros de jogos, animes, filmes etc. que ele tenha afinidade, ou mestrar em um mundo já existente com alguma aventura pronta disponível.


E isso é tudo pessoal. Com o tempo nós vamos destrinchando cada área do RPG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;